Retrospectiva 2015: os acontecimentos que marcaram o ano na moda

0

O que mais ouvimos falar por ai é que em 2015 aconteceu de tudo e mais um pouco. Na moda não foi diferente: houveram trocas inesperadas de comando das grifes internacionais, estreias surpreendentes, celebrações majestosas, a uber model que se aposentou das passarelas, as novas modelos sucesso de Instagram e os lançamentos imperdíveis. É hora de relembrar os fatos que mais marcaram a moda este ano!

Uma nova Gucci pelas mãos de Alessandro Michele

melhores-do-ano-2015-gucci-michele

Logo em janeiro, Frida Giannini deixou a Gucci, que passou a ser comandada por seu braço direito – até então desconhecido – Alessandro Michele. Seu primeiro desfile para a marca aconteceu no mês seguinte e mostrou uma nova Gucci. Uma mudança necessária para o comercial da grife que não ia tão bem até então. Sai de cena aquela mulher sexy e poderosa e entra uma certa feminilidade tanto para meninas quanto para os meninos. Foi ai que a estética genderless ganhou nome e potência para o ano todo. É a mistura do universo feminino com o masculino, sem gênero e sem regras. Com Michele, a Gucci passou a ser delicada, com roupas trabalhadas, belíssimas estampas e uma nova coleção de bolsas que se tornou must have das fashionistas de todo o mundo. Com apenas um ano como diretor criativo ele recebeu o principal prêmio do British Fashion Awards 2015, de Estilista do Ano.

O retorno de John Galliano

Maison Margiela Paris - Inverno 2015

Depois de tantas polêmicas, John Galliano voltou ao mundo da moda como diretor criativo da Maison Margiela, estreando com o desfile de Alta-Costura em janeiro. A notícia surpreendeu e o que estava por vir era imprevisível, já que os estilos da marca e do estilista são bastante distintos. Até então o resultado é mais Galliano do que Margiela, mas é fato que a maison ganhou fama e muitas clientes de red carpet – Galliano é mestre em fazer vestidos para grandes ocasiões.

Troca troca na moda 

rafsimonsexitsdior

2015 foi um ano bem agitado no mundo da moda. Além das nomeações de Michele e Galliano, vimos Anthony Vaccarello assumindo a Versus Versace, Peter Dundas na Cavali e Maximo Giorgetti na Pucci. E ainda teve tantas notícias totalmente inesperadas e comoventes como a saída de Donna Karan de sua própria empresa – a linha que leva seu nome foi encerrada e os estilistas da Public School assumiram a direção criativa da DKNY -, Alexander Wang não teve seu contrato renovado na Balenciaga e Demna Gvasalia, do coletivo Vetements assumiu a grife, Peter Copping faz seu début na Oscar de la Renta depois da morte de seu fundador (em outubro de 2014), a demissão de Alber Elbaz da Lanvin. Mas nada abalou tanto como a bomba do ano: Raf Simons deixou a Dior por vontade própria para focar em sua marca e outras projetos. Até então a Dior não anunciou um substituto e só deve fazer isso em setembro do ano que vem.

SPFW celebra seus 20 anos de existência 

???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Aqui no Brasil, o SPFW comemorou 20 anos, com ações que começaram na temporada de Verão 2016 e terminaram nos desfiles de Inverno 2016, quando o maior evento de moda no país voltou a acontecer no prédio da Bienal. Entre os destaques, o retorno da Coven, as estreias da Apartamento 03 e Ratier e o novo momento da estilista Helô Rocha que encerrou as atividades da Têca e recomeçou com sua marca homônima.

Gisele Bündchen comemora seus 20 anos de carreira e se despede das passarelas

Gisele-B-C3-BCndchen-se-emociona-na-passarela-em-sua-despedida-no-SPFW

Em 2015 nossa uber model celebrou 2o anos de carreira. Em abril, a top se despediu das passarelas e fez seu último desfile, que aconteceu para a Colcci no SPFW Verão 16. A emoção tomou conta de suas amigas de longa data que desfilaram com ela, de seus familiares, inclusive do marido Tom Brady e de todos que estavam dentro ou fora da sala de desfile. Em novembro, ela lançou um livro de quase 600 páginas, com direção de arte de Giovanni Bianco e mais de 300 fotografias de seus trabalhos. Em dezembro, ela anunciou a criação de seu site (www.giselebundchen.com.br). Além disso, ela passou a ser reconhecida mundialmente por apenas Gisele, quando seu usuário no Instagram foi mudado para apenas @gisele. Poderosa!

Alexandre Herchcovitch: 20 anos de sucesso como estilista 

c793

O estilista Alexandre Herchcovitch também celebrou 20 anos de carreira em 2015 e lançou o livro “1:1”, com alguns textos e várias entrevistas inéditas e exclusivas feitas por pessoas do mundo da moda e próximas a Alexandre. A obra não é somente um recorte de sua carreira como também conta parte da história da moda no Brasil.

Kim Kardashian lança coleção com C&A e vem ao Brasil 

retrospectiva1-kardashian

Em Maio, a empresária e rainha da selfie veio ao Brasil para o lançamento de sua coleção com a C&A. Entre as peças da coleção estavam tops cropped e saias justíssimas bem no estilo da socialite. Sua passagem por aqui foi rápida, mas ultra comentada, fotografada e postada. Nós estivemos na coletiva de imprensa e te contamos os detalhes do bate papo com a Kim.

Caitlyn Jenner (ex Bruce) é capa da Vanity Fair

0000jenner

“Call me Caitlyn” (em português”Me chame de Caitlyn”). Foi com essa frase e a bordo de um body off white que o ex-Bruce Jenner apresentou  sua versão feminina na capa da edição de julho da Vanity Fair norte-americana.

O ano das insta models 

Models-Kendall-Jenner-Gigi-Hadid-Friends

Se antes as modelos precisavam carregar seus books por todo lugar, em 2015 elas descobriram que só precisam ter um feed movimentado e com lindas fotos no Instagram. Elas possuem milhões de seguidores na rede social e viraram queridinhas dos estilistas. É o caso da explosão Gigi Hadid (10,7 m), de Kendall Jenner (44,8 m) e Lucky Blue Smith (1,7 m – primeiro modelo masculino a ter uma boa base de fãs no Instagram).

Cara Delevingne diz que não vai mais ser modelo

76941-cara-delevingne-de-cidades-de-papel-diapo-2

Ela também é fenômeno do Instagram, queridinha de grandes estilistas como Karl Lagerfeld e não é desse ano que a reconhecemos nas passarelas e campanhas, mas foi em 2o15 que Cara Delevingne começou seu momento de transição da carreira de modelo para a de atriz. Em agosto, ela contou ao jornal britânico “The Times” que estaria deixando as passarelas. Cara estreou nas telas de cinema como a estrela de “Cidades de Papel”, também apareceu no elenco de “Esquadrão Suicida” e poderá ser vista em outros quatro filmes, todos com lançamento em 2016: “Tulip Fever”, “London Fields”, “Kids in Love” e “Pan”.

Tristes despedidas

melhores-do-ano-2015-i

Este foi um ano de dizermos adeus a grandes nomes da moda nacional e internacional. Em junho morrreu a Madame Carven, aos 105, fundadora da homônima grife francesa. Em julho, aos 85 anos nos deixou o estilista Elio Fiorucci. E em setembro, a ex-modelo e atriz Betty Lago, aos 60 anos, depois de ter lutando contra um câncer na vesícula.

 

 

Imagens: Divulgação / Reprodução / FFW / DiárioSP.
Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply