SPFW Inverno 2016 – Day 4

0

Hey there,

O quarto dia de SPFW foi cheio de novidades. Samuel Cirnansck que normalmente encerra o dia, desta vez deu o start nos desfile da tarde na Bienal. Também tivemos a estréia da mineira Coven e a marca “nova” de Helo Rocha que deixou de ser Têca pro Helô Rocha e agora só leva o nome da estilista. E não podemos esquecer da Apartamento 03 que é apenas a sua terceira vez na semana de moda, sendo a segunda vez que desfile uma coleção de inverno. Mas o dia começou mesmo com o consagrado Reinaldo Lourenço.

REINALDO

Foi de uma viagem para Portugal que surgiu a inspiração de Reinaldo Lourenço para essa coleção. Ficou As referências portuguesas, ao olhar do estilista, ganham uma outra estética. Os azulejos portugueses, então, ficaram mais gráficos, as noivas de Minho, que só vestem preto, inspiraram os chiques conjuntos de veludo, as tiras dos trajes portugueses típicos caíram como luva no trabalho de tiras que Reinaldo já faz, numa nova versão, os aventaizinhos apareceram interpretados em vestidos de veludo com renda bordada por baixo. O shape traz alguns momentos de saias rodadas, mas de maneira geral a silhueta é slim, com saias midi, calças retas, belas camisas estampadas e jacquards inspirados nos azulejos em casacos e paletós de corte impecável, daqueles que valem o investimento e valorizam qualquer produção.

SAMUEL

Para celebrar os 15 anos de sua marca, Samuel Cirnansck tem uma inspiração simbólica: luz. Seu conceito de luz envolve amor, realizações, saúde, prosperidade, fortuna, felicidade. Suas roupas também trazem luz na forma de cristais cuidadosamente bordados em vestidos para diversas ocasiões de festas e celebrações – da debutante a noiva. Os looks pretos que abrem o desfile, com transparências localizadas, trazem um ar contemporâneo à coleção, que embarca em uma cartela de cores suave com tons como pele, rosa e azul claros e bem delicados. Destaque para os luxuosos looks com mangas de plumas. No final, uma série de noivas fecha o desfile e são  interessantes os modelos com efeito queimado, que trazem um aspecto novo e incomum à roupa de festa.

APARTAMENTO

Foi a notícia de que Caitlyn Jenner estava na capa da “Vanity Fair” que Luiz partiu para criar a coleção Inverno 2016 da Apartamento 03. Fazendo um link com Orlando, de Virginia Woolf que passou pelo mesmo em 1929.  Assim o enigma do gênero foi o ponto principal para conduzir seu processo criativo. A camisa aparece com um trabalho interessante nas mangas e com os laços enormes no pescoço. E os robes também marcam a coleção, representando o momento em que ele acorda como mulher. Todas as peças têm texturas e informação, sobreposições, bordados e amarrações, mas nada pesa. Ao mesmo tempo são roupas e looks que não passam batido, têm personalidade e força. Vale destacar o trabalho precioso dos bordados e aplicações de pedrarias, franjas, brocados que percorrem camisas, casacos e vestidos, de um pequeno (mas importante) detalhe até cobrir um look inteiro. Com mais uma ótima coleção, a Apartamento 03 é marca pra não tirar o olho.

COVEN

Em sua estreia no SPFW, a mineira expert em tricô Coven inovou ao usar intersados que imitam textura de madeira, inspirado em mobiliários dos anos 50/60, e um jeans criado em parceria com a Carreira, que ganha lavagem especial, com ares 70 e de alfaiataria. A cartela foi muito bem pensada, com amarelos, azuis e magentas pontuando os tons amadeirados e, ao cruzar mais uma vez a passarela, o mocassim masculino se consagra como o sapato da temporada.

HELO

A coleção de Helo Rocha tambem veio de uma viagem feita pela estilista para o Alto Paraíso de Goiás, Em contato com o artesanato local e o mood boho místico veio a inspiração para essa coleção.O grande destaque da coleção são as peças confeccionadas artesanalmente separadas e depois costuradas com ponto cruz para formar a muitos dos vestidos, macacões, saias e tops da coleção, com mix de diferentes materiais, como python, couro com elastano, rendas variadas, tecidos tecnológicos, georgete e devorês, vários juntos numa mesma peça. A partir desta temporada a marca leva um novo nome, deixa de ser Têca por Helo Rocha e passa ser apenas o próprio nome da estilista, a nova grife deixa de lado o estilo girlie e as estampas que fizeram o sucesso da Têca e foca no caráter sofisticado do high fashion, com vestidos e peças que olham para a moda festa.

Não deixe de nos acompanhar no Instagram e Snapchat @explosivebox e ver tudo que ainda vai acontecer nesses últimos dias de SPFW.

All for now! Carolina Andrade

Compartilhe.

Sobre o Autor

Carol, 20 anos, paulista. Sabe aquela frase: “Os olhos são as janelas da alma.” Quem disse provavelmente não conheci a moda. Pois pra mim não existe maneira melhor de dizer que e como você é através do seu modo de vestir. E é por isso que decidi cursar Negócios da Moda e estou amando.

Leave A Reply