London Fashion Week Verão 2016 – Part II

0

Semana de Moda de Londres chegou ao fim. A segunda metade (se você não viu a primeira parte, leia já aqui!) confirma tendências e surpreende – positivamente – com inovações de algumas marcas. A seguir, você lê sobre os principais desfiles dos últimos dias da LFW.

topshopunique-summer16-eb

A estamparia é a protagonista do verão 2016 da Topshop Unique. Prints de poás e florais delicados, tipo Liberty, dão um toque divertido à coleção, feita para garotas inglesas – ou as wannabe inglesas. Além das estampas, um mix de formas e texturas aparece em blusas, calças, camisas, vestidos e saias fendadas. Destaque para o blazer boyish, contrastado com sapatos super femininos, como as sandálias peludas. Tudo muito charmoso e com o toque retrô característico da marca de fast fashion.

marykatrantzou-summer16-eb

Mary Katrantzou já provou todo seu conhecimento em criar estampas exuberantes através da manipulação de materiais. Para a próxima estação, a estilista grega faz luxuosos minivestidos, repletos de bordados, texturas, detalhes delicados, em construções com um certo volume e uma cartela de cores pontuada por tons escuros e metálicos. São modelos de festa nada óbvios, do jeito que as clientes da marca gostam. No final do desfile, surgem na passarela, modelos livres de estampas, com cores vibrantes e proporções mais elaboradas, mas igualmente desejados.

burberry-summer16-eb

A Burberry pode ter uma herança de séculos de idade, mas a visão de Christopher Bailey para a marca é de futuro. No verão 2016, a grife chega de cara nova! Esqueça as referências já batidas dos 70’s e pense em um novo dinamismo com pegada 90’s. Comprimentos mini, sobreposições de tecidos fluidos com estruturado, além de um perfume esportivo e uma nova abordagem sobre trabalhos manuais, que resultam em rendas -quase que em todos os looks – com um aspecto menos vintage e mais moderno. A coleção tem um romance suave com tons – na maioria – dark, graças a predominância do preto e da beleza de algumas modelos com batom vinho bem escuro. Sem falar no toque de militarismo, feito por elementos utilitários, como bolsos e fivelas e a mochila, que já virou item desejo. Assista ao desfile completo aqui.

christopherkane-summer16-eb

Explosão de cores no verão 2016 de Christopher Kane, batizado de “Crash & repair” (quebrar e reparar, em inglês). Na coleção, cores vibrantes e quase fluorecentes, em recortes geométricos, estampas artsy, patchwork, peças que parecem se fundir e que trabalham a exploração de matérias, que se quer imaginamos juntos, como plásticos, PVC, rendas, sedas, píton e couro. Kane faz isso com maestria!

peterpilotto-summer16-eb

Peter Pilotto faz algo menos “Peter Pilotto” nesta temporada, mas nem por isso menos elegante ou desejável. A marca moderna, conhecida por sua importante relação com estampas, concentra-se, agora, na suavidade dos tons pastel e em texturas diáfanas, com muitas rendas e tules de seda, sempre em camadas. Apesar da referência utilitária, há leveza e feminilidade nos looks. Trend confirmado nesta temporada, desde de a NYFW, os babados aparecem em diversos tamanhos e o comprimento midi continua em alta – Peter o aderiou antes mesmo de mais alguém pensar em colocar em outras passarelas.

Next fashion week: Milano!

Arrivederci, Beatriz Arvatti.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply