Os primórdios do skate na década de 70 nos EUA

0

No inícios dos anos 70, os jovens eram embalados pelo lema “Sexo, drogas e rock ‘n roll”. A busca do êxtase por métodos físicos e, principalmete químicos é incansável. Janis Joplin, Jim Morrison, vocalista do The Doors tornam-se grandes lendas. Janis entra para a história como uma bem-sucedida cantora branca de blues, sempre com seu copo de Whisky e heroína. Junto com essa loucura incontrolável e força da liberdade, o skate estava começando sua era de ouro. Muito mais do que um esporte, o skate representava um pouco da cultura da época. Foi mais ou menos nesse período que o grupo de skatistas Z-boys começou a utilizar piscinas vazias para a prática do que ficou conhecido como skate vertical.

skate8

Hugh Holland

Em 75, a história do esporte se encontra com a trajetória do fotógrafo Hugh Holland. Ele conta que se deparou com um grupo de jovens skatistas um dia quando estava indo rumo ao Canyon Boulevard, em Los Angeles -berço do skate até os dias de hoje-, e foi imediatamente aceito por eles. Detalhe: Hugh estava com sua câmera fotográfica – o que chamou a atenção dos jovens do local. “Não era qualquer pessoa que tinha uma câmera naquela época, e eles estavam muito ansiosos por mostrar suas habilidades“, diz ele.

Desde então, o mesmo passou 3 anos seguintes registrando alguns dos pioneiros do esporte. A série registrada por ele na época acabou se tornando o livro “Locals Only“, que já figura entre os mais vendidos na Amazon. Com 120 imagens coloridas, a obra registra um pouco da história do skate americano. Saca só:

skate13
skate11
skate10
skate9
skate8
skate7
skate5
skate4
skate3
skate2
Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply