NYFW Verão 2016 – Part I

0

A New York Fashion Week é a semana que dá o start oficial à temporada internacional de desfiles de verão 2016. Acontece entre os dias 10 a 17 de setembro e tem o line up mais agitado e ocupado por novos e consagrados nomes da industria. Como sempre, algumas novidades estão a caminho e as revelaremos no decorrer desta semana!

marissawebb-summer16-eb

Marissa Webb é conhecida por seus contrastes como masculino e feminino, estruturado e leve. Para a Primavera/Verão 2016, a estilista mantém sua assinatura, porém com um novo ângulo genuíno. O que resultou em uma coleção pontuada por um militarismo romântico, rica em cores, texturas e volume. A mistura de tons na cartela de cores chamou atenção: rosa pêssego, laranja, amarelo, verde militar, azul, preto e branco.  A estampa floral traz um frescor que se funde aos volumes das peças ou à rigidez das sobreposições. Já o xadrez, deu sopro de contemporaneidade e se uniu ao clássico das rendas em um styling muito bem executado. Delicada e impactante!

JasonWu-summer16-EB

Alfaiataria, um ponto de vista mais minimalista, silhueta alongada e o toque clássico de feminidade: essa é a estética de Jason Wu. Junto a isso, o estilista aposta em um glamour leve e simplificado nesta temporada, tingido por uma paleta predominantemente sóbria. A inovação da estação está nas barras propositalmente desfiadas de algumas peças – novidade para uma marca que sempre preza pelo acabamento impecável – e nos babados (muitos babados!) que trazem movimento para a moda do estilista.

Zimmermann-summer16-eb

A australiana Zimmermann se inspirou nos anos 1800 para criar sua coleção de verão 2016. Dai surgiram elementos como as golas altas, mangas de renda e babados. Mini vestidos foram construídos de forma impecável e com acabamento perfeito. Feito para uma mulher delicada e romântica.

Givenchy1-summer16-EB

Riccardo Tsci criou grandes expectativas para o verão 2016 da Givenchy: se mudou da semana de moda de Paris para a de Nova York, comemorou seus dez anos à frente da marca, convidou Marina Abramovic para dirigir o desfile em um pier que tem vista para onde ficava o World Trade Center e ainda exatamente no dia 11 de setembro. Não o bastante, a marca desfilou ready-to-wear, alta-costura e as coleções femininas e masculinas juntas. E não foi somente um show de moda, mas também uma reflexão a respeito de como estamos vivendo e para o que estamos dando valor na nossa sociedade. O desfile, inspirado nos acontecimentos da data, no ano de 2001, fala de amor, paz, família e religiões. A mensagem de Tisci na coleção e ao longo do seu tempo na Givenchy é “quebrar barreiras”. Barreiras entre moda de rua e alta costura, barreiras entre masculino e feminino, barreiras entre sagrado e profano.

Givenchy2-summer16-EB

O desfile em si – feito todo em preto, branco, off white, puxando para o dourado e para o marfim –  é sóbrio, já que foi influenciado pelo clima pesado que o dia (11.09) traz à memória dos americanos e do resto do mundo. Quanto as roupas, pense em camisola (com muita renda), alfaiataria solta e ampla e robe de chambre. Uma mistura bem anos 90 com momentos diversos entre o monástico e o insinuante. Para a alta-costura: maxibijoux, máscaras de pedras coladas no rosto e penas. O verão 2016 de Tisci na Givenchy é uma grande homenagem à sua história!

Assista ao desfile completo:

 

E a NYFW está só começando!

Arrivederci, Beatriz Arvatti.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply