“I really wish I had been in the Beatles”, David Gilmour e as revelações do ano

0

A gente sabe nem por onde começar.

Vaza-se o cover antes do lançamento oficial, confirma-se a guitarra de Gilmour soando ineditamente pelos cantos do Brasil… E o coração de cada geração salta alma adentro.

David Gilmour, eterno guitarrista da excêntrica, psicodélica e revolucionária banda Pink Floyd, tão britânica quanto seus influentes, antecedentes – e contemporâneos – The Beatles, atreveu-se – felizmente! – na deleitável missão de regravar Here, There and Everywhere, uma terna, delicada e sensível balada composta por Lennon e McCartney, integrante do apaixonado e alucinado álbum Revolver, sétima obra dos quatro já vividos meninos de Liverpool, lançado em 1966, um ano seguinte ao início do experimentalismo dos Floyd. Aliadamente ao lançamento do cover, embora já gravado há alguns anos juntamente ao filho Joe, Gilmour revelou, à revista inglesa MIOJO, o desejo de ter feito parte dos Beatles – “I really wish I had been in the Beatles” – , não deixando, no entanto, apesar da fidelidade à regravação, de presentear o clássico com um inconfundível e floydiano solo de guitarra – daqueles! -. David Gilmour & Friends é o nome da coletânea que acompanhará a edição 263 da revista, à venda a partir de hoje, mimoseando seus leitores com 14 trabalhos dos mais épicos convidados, incluindo, então, depois de muita discussão, a harmoniosa versão da lindíssima Here, There and Everywhere.

Ressalta-se, por outro lado,  que a faixa não participará do álbum solo de Gilmour, Rattle That Lock, de lançamento esperado para o dia 18 do próximo mês.

miojocapa

God bless these genius, right?!

Ah! Quanto aos shows, especula-se ali, confirma-se aqui e oficializa-se acolá que Dezembro será o mês da primeira vez de Gilmour em terras brasileiras (!), trazendo consigo a voz e a guitarra que tanto inspiraram – e inspiram – os fãs que se fazem e refazem. Por enquanto, duas fontes bateram categoricamente o martelo, sustentando, segundo demais fontes secretas e seguras, a confirmação que se espalha por aí: o jornalista musical Norberto Flesch – famoso em suas informações, contatos,  suspenses e expectativas no Twitter – e o blog Roger Lima, do Clic RBS, que revelou mais:

“Confirmado: DAVID GILMOUR vai se apresentar mesmo em Porto Alegre. O show do ex-guitarrista da banda inglesa Pink Floyd está marcado para o dia 16 de dezembro, na Arena do Grêmio” +  “O músico já tem confirmadas ainda outras duas datas no Brasil: dia 12 de dezembro, em São Paulo (na Arena Allianz Parque), e dia 14, em Curitiba (na Pedreira Paulo Leminski)”. Após a divulgação da notícia, enxurradas de comentários – como de costume em um clima apreensivo, empolgante e irrequieto como esse –  tiveram de ser respondidos, acalmados e explicados pela jornalista Vitória Lemos, autora da publicação:

1

E sobre as fontes:

2

Oremos? Oremos!

Compartilhe.

Sobre o Autor

Filha dos anos 90, estudante e amante de Psicologia, sangue e calor paraibanos. Socorro-me da alma pra (sobre)viver. Por isso escrevo. Por isso meus tantos eus e cás comigo...

Leave A Reply