Humbug: o álbum da banda Arctic Monkeys que marcou a sua história

0

Desde a despedida da turnê do polêmico e viciante AM, que – apesar dos julgamentos iniciais – rendeu os fãs mais antigos, resistentes e tradicionais e arrebatou os mais novos contaminados e, enfim, abocanhados fãs da banda, os quatro crescidos meninos da Arctic Monkeys ainda não renasceram do merecido descanso criativo – boatos -, deixando-nos nostalgicamente inquietos e  saudosos. Enquanto isso, enquanto a gente enjoa nunca do legado que restou e aguarda por sua misteriosa e instigante expansão – com ou sem gel, dancinhas, cigarros e jaquetas de couro -, comemora-se, hoje, os seis anos de saudades do álbum que revelou – e revolucionou -, conforme muitos, o lado b dos não mais tão moleques e desajeitados adolescentes dos subúrbios de Sheffield. O Humbug, produzido por ninguém menos do que o inquestionável Josh Homme e toda a sua legendária vida de Queens Of The Stone Age, lançou-se primeiramente no Japão, em 2009, na exata e eternamente grata data de hoje, deliciando-se na cinzenta  – e cálida – tendência musical que, na banda,  surgia – juntamente aos icônicos cortes de cabelo de Mr. Turner -.

Preferido de muitos apreciadores da banda, Humbug, com sua atmosfera mais madrugada e intimista, é um deleite. Feliz aniversário e obrigada – amém – pelo inesgotável presente:

ARCTIC

Compartilhe.

Sobre o Autor

Filha dos anos 90, estudante e amante de Psicologia, sangue e calor paraibanos. Socorro-me da alma pra (sobre)viver. Por isso escrevo. Por isso meus tantos eus e cás comigo...

Leave A Reply