Cinematografia brasileira ganha destaque no Netflix

0

Após ter Wagner Moura – um dos poucos atores brasileiros exportados com êxito para Hollywood –  estrelando o seriado original Netflix, Narcos, que diga-se de passagem é  uma das novas e fortes apostas após a explosão de Orange Is The New Black, o Brasil volta a ter destaque no Netflix e amplia os laços de amor tendo a primeira série 100% brasileira produzida para a locadora virtual. Além de ser mais uma série que promete ter um contexto positivo e de fundamento, isso tem um teor cultural muito forte.

Os brasileiros vem cada vez mais dando créditos para o cinema brasileiro e isso é muito bom. Além de valorizar a nossa cultura como um todo, os números das arrecadações com as produções tem chamado atenção das maiores produtoras do mundo, como Sony e Universal. Aqui, a produção funciona de forma mais rápida do que as de Hollywood, por exemplo. Pois não conter tanta tecnologia e as produtoras, como a Globo Filmes serem adaptadas com o instantâneo e o “para ontem”. Isso não é ruim, é bom. Pois mesmo com essa rapidez, os filmes tem sido bastante elogiados, contendo toda a essência brasileira.

Com essa crescente dos fãs pelo cinema brasileiro junto com o Brasil ser um dos países que tem mais adeptos ao Netflix, ambos se uniram e prometem dar o que falar com a série brasileira 3%. A série já possui filme, de 2011 assinado pela produtora Maria Bonita Filmes. A empresa encomendou sete episódios, que começarão a ser filmados no ano que vem pela Boutique Filmes. No elenco estão confirmados João Miguel e Bianca Comparato. A repercussão já está sendo muito positiva e ainda não tem data de estreia, já que as produções ainda estão no processo criativo. Porém, em 2016 ela já deve estar espalhada para o MUNDO TODO!

Ah, quanto ao contexto da série, Bianca conta no vídeo a baixo. Relatará a história de uma sociedade dividida entre o progresso e a devastação e várias provas de fogo para quem quer ir para o progresso. Apenas 3% da sociedade passará para esse lado.

 

Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply