6 livros para devorar

0

Cá estou novamente, dessa vez para compartilhar alguns dos livros que eu mais gostei de ler, tirando os livros de Harry Potter, porque ninguém mais me aguenta falando de Harry Potter. Eu pretendia mostrar cinco livros mas me empolguei e acabei escolhendo seis. Bom, eles não estão em ordem de preferência mas vou avaliar eles com estrelas no final de cada resumo, sendo uma estrela; ótimo e cinco estrelas; fenomenal. Espero que vocês gostem:

6

CEM ANOS DE SOLIDÃO: Um clássico. Gabriel García Márquez criou uma obra prima, não tenho como colocar em palavras o que li. Não há como resumir um livro desses, eu não consigo.
A história do livro gira em torno da familia Buendía. José Arcandio e Úrsula Iguarán eram primos e se casaram, porém inúmeras pessoas falaram que os filhos daquele casamento seriam aberrações, como crianças com rabo de porco. Por esse e outros motivos, ambos decidiram, junto com alguns amigos, ir embora do povoado onde moravam e fundaram um povoado novo, que recebeu o nome de Macondo.
No livro acompanhamos os Buendía por mais ou menos cem anos. O vilarejo Macondo teve seus anos de glória e também seus anos de decadência. Houveram guerras. E os Buendía estavam lá.
É um dos livros mais lidos no mundo, eu chorei, ri e chorei de novo. Quando eu terminei de ler fiquei com aquele aperto no coração de nunca mais poder ler ele pela primeira vez.
NOTA: ★ ★ ★ ★ ★

O BICHO-DA-SEDA, sequência de O chamado do Cuco: Minha melhor amiga me disse que era um sacrilégio colocar o segundo livro, e realmente é. Porém eu gostei MUITO mais do segundo livro. O detetive Cormoran Strike está de volta, e dessa vez com um caso BIZARRO. Tudo começa quando a esposa do escritor Owen Quine procura o detetive pois precisa que o marido volte para casa. Cormoran e sua assistente vão em busca do escritor e assim começa a trama do livro.  Eu sou suspeita para elogiar a escrita da J.K porém devo dizer que ela se superou. O livro te prende de uma forma espetacular, você sente que tá ali, resolvendo o caso ao lado de Cormoran. É o tipo de livro que você quer levar para qualquer lugar com você, porque não vê a hora de descobrir o que aconteceu.
NOTA: ★★★★

DESVENTURAS EM SÉRIE: Quem ai já viu o filme? Aposto que muitos! Não vou dizer que o filme não é bom, porém meus queridos os livros são IMENSURAVELMENTE melhores. São 13 volumes, todos curtinhos, rápidos de ler. Os irmãos Baudelaire embarcam em diversas aventuras para escapas do malvado Conde Olaf, eu li os 13 volumes em menos de três dias se eu não me engano, foi um presente da minha mãe (obrigada mãe!) porque acho que ela não me aguentava mais só vendo televisão durante as férias. Leiam. Por favor! Até porque em 2016 o NETFLIX vai fazer uma série sobre os livros e eu não posso ficar ansiosa sozinha, meu namorado já me acha louca, obrigada!
NOTA: ★★★★★

O OCEANO NO FIM DO CAMINHO: A história fala sobre um homem e suas lembranças de infância. O livro acaba trazendo, ao longo da história, diversas lembranças sobre amizade, confiança, ele comenta sobre o crescimento, as mudanças, a forma como acabamos vendo o mundo. Tudo isso com uma pitada de ironia e uma profundidade tocante.
O protagonista – cujo nome não sabemos – começa o livro como um homem de meia-idade que acaba retornando ao lugar onde viveu sua infância para um funeral. Porém ao passar pela sua antiga casa ele desvia o caminho e chega ao lago da fazendo Hempstock, onde as lembranças esquecidas há quarenta anos acabam voltando à tona.
O narrador, agora com sete anos, acaba de se mudar com os pais e sua irmana para o interior da Inglaterra. Devido a alguns problemas financeiros eles acabam alugando um dos quartos de sua nova casa para um sul africano, e ele acaba cometendo suicídio dentro do carro da família. Daí que a história se desenvolve, e apesar do enredo ser cheio de fantasia, monstros e até mesmo fadas, é importante notar a forma que o autor lida com os sentimentos dos personagens. É um livro muito interessante, vale a pena ler. Neil Gaiman já é reconhecido por diversas obras fantásticas e esse livro não foge da regra!
NOTA: ★★★

MEU PAI FALA CADA M*RDA: Por último um livro bem bobinho porém muito engraçado. Comprei esse livro para dar de presente pro meu pai, tive que voltar na livraria e comprar um pra mim de tão engraçado. O livro tem 140 páginas, e descreve a vida de Justin Halpern, que com 28 anos teve que voltar a morar na casa de seus pais. Sam, o pai, tem 73 anos e é muito desbocado e mal-humorado. O livro é um grande achado! Acho que fiquei com dores de tanto rir. É um retrato muito verdadeiro da relação dos dois e é uma leitura leve e divertida, para ler entre os diversos livros de faculdade que alguns tem, ou até as leituras da escola, ou só para passar o tempo.
NOTA: ★★★

A VERDADE SOBRE O CASO HARRY QUEBERT: SEM PALAVRAS. Quero agradecer a minha melhor amiga, Bruna OBRIGADA! Você me trouxe a maior felicidade na minha vida de leitora. Que livro! Não consigo resumi-lô pra vocês. É impossível. Mas vou lhes dizer o seguinte: Gostei mais dele do que de Harry Potter. Amo mais esse livro do que os livros de Harry Potter. Pela história ok? Harry Potter permanece em primeiro lugar na minha lista, porém agora divide esse espaço com esse livro maravilhoso. Joël Dicker me fascinou, passei dois dias com esse livro grudado em mim, com cola, brincadeira. Mas sério eu nunca li um livro tão bom.
A trama é situada na pequena cidade de Aurora, nos Estados Unidos. Lá, no verão de 1975, uma garota de 15 anos, Nola Kellergan, desaparece, e seu destino se torna um mistério até o ano de 2008, quando, por acaso, seus restos mortais são encontrados no jardim da casa de Harry Quebert, um famoso escritor de NY que décadas atrás decidiu adotar a cidade como lar. Marcus Goldman, amigo e pupilo de Quebert, decide investigar o mistério e tentar inocentar o mestre. É através da investigação de Goldman que somos levados a um livro cheio de reviravoltas. Não posso lhes dizer mais nada a não ser: COMPREM ESSE LIVRO OK? 
NOTA: ★★★★★★ (vai ganhar seis porque é o melhor!)

Bom por hoje era isso mesmo, espero que vocês gostem dos livros e apreciem a leitura. Sentem perto de uma janela num dia de chuva, ou perto de uma árvore num dia de sol, peguem uma xícara de chá ou um copo de coca-cola e se percam nas palavras. Se percam nas páginas e nesses livros, ou em outros! O importante é ler, expandir seus horizontes sem nem mesmo sair de casa, nem mesmo do lugar onde você se senta todos os dias.
Vou compartilhar com vocês uma frase que eu carrego comigo todos os dias;
QUEM TEM UM BOM LIVRO NUNCA SE ENCONTRA SOZINHO!

Até mais, e boa leitura!♡

Compartilhe.

Sobre o Autor

Frequentadora assídua do cinema, viciada em séries e uma eterna apaixonada por livros!

Leave A Reply