Haute Couture Fall 2015 – Part II

0

Estamos na metade da Semana da Alta-Costura em Paris. Aqui, você acompanhou os primeiros desfiles dessa temporada luxuosa. Dando continuidade, outras marcas emocionaram com a beleza de seus looks e cenários, nos levando a um repleto mundo dos sonhos.

Chanel

Chanel-HCfall2015-EB

A Chanel trocou o tema street das últimas temporadas e voltou para o glamour dos salões. Dessa vez o cenário foi um cassino, com direito a Lara Stone, Julianne Moore e Kristen Stewart como figurantes. Na passarela, Karl Lagerfeld apostou em uma combinação do clássico com a alta tecnologia. É a Alta-Costura do século 21, com direito a vestidos e tailleurs costurados a laser. As texturas riquíssimas, que só vemos na Chanel, vieram em formato high-tech dando esse novo status a Haute Couture. A maison pareceu ensaiar também uma volta do maximalismo dos 80’s, aplicando ombreiras em algumas das peças. Os vestidos longos, dignos de red carpet eram super cool, mas o que chamou atenção mesmo foi o traje de noiva desfilado por Kendall Jenner. Sai o vestido e entra um conjunto de alfaiataria dando graça a uma feminilidade nada óbvia.

 

Giorgio Armani Privé

GiorgioArmaniPrivé-HCfall2015-EB

E parece que essa temporada será mesmo dos anos 80. A Giorgio Armani Privé também reviveu o maximalismo da época com muito pink, azul, preto e violeta, formando uma cartela de cores noturna. A grife explorou uma infinidade de texturas com suas penas, nós, franjas, veludo de seda, lurex, paetês com degradê multicolorido, cristais, tudo junto e misturado. A coleção é imponente, vai muito além da clássica alfaiataria da Armani e tem assinatura punk, notada principalmente pelos cabelos uniformes das modelos.

 

Maison Margiela

MaisonMargiela-HCfall2015-EB

A Maison Margiela é sempre a responsável por um show dramático nas semanas de moda. A apresentação de Alta-Costura da marca seguiu os mesmos caminhos com peças desconstruídas, inusitadas, conceituais e impecáveis. John Galliano mostrou que está em sua melhor forma e continua não deixando dúvidas de que o cargo de diretor criativo da MM é perfeito para ele. A beleza é um espetáculo a parte e não se repete entre as modelos.

 

Elie Saab

ElieSaab-HCFall2015-EB

A passarela de Elie Saab é daquelas que nos faz até acreditar em contos de fada. De época para época, o estilista libanês continua apostando em seu clássico de transparência e bordados de forma nada clichê. Nesta temporada, o movimento e a delicadeza de seus vestidos veio principalmente em tons de dourado, seguido por uma cartela de cores pasteis até darem espaço aos tons fortes de turquesa, vinho e preto. As mangas ganharam revestimento em pele e os bordados são aplicados em formato de flor. Destaque para os dois looks com calça – na foto – dignos de uma princesa urbana e de nos deixar enlouquecidas por querer ser essa princesa já!

 

 A Semana de Alta-Costura parisiense ainda não acabou. Continue acompanhando nossa cobertura dos principais desfiles aqui e no Instagram @explosivebox.

Arrivederci, Beatriz Arvatti.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply