Haute Couture Summer 2015 – Part II

0

A semana mais luxuosa chegou ao fim nesta quinta-feira (29/01). Aqui você conferiu a primeira parte dos principais desfiles que emocionaram os fashionistas com tamanha beleza de looks e cenários. Mas ainda não acabou para o EB, vamos conferir as marcas que desfilaram nos últimos dias da Semana de Alta-Costura Verão 2015.

eliesaab-eb

Na passarela de Elie Saab, havia um significado profundo. Isso porque o estilista buscou inspiração em Beirute, no Libano, sua cidade natal. As referências estão na beleza da fauna e flora local, o que resultaram em bordados com desenhos de raízes de árvores, aplicações em 3D e até plumas presentes nas mangas e saias. As fendas quebram o ar de realeza deixado pelos brilhantes. A cores são suaves e delicadas: rosa, verde, cinza e nude.

Como disse Suzy-Menkes (editora global da revista Vogue), Jean Paul Gaultier está casado com a Alta-Costura! E esta com certeza foi uma coleção de triunfo para o estilista que no ano passado se despediu do prêt-à-porter. A abertura do desfile ficou por conta de uma noiva com bobes no cabelo. Gaultier trouxe o que de melhor sabe fazer: alfaiataria assimétrica, referências navy, barras volumosas e silhueta acinturada. De um outro lado, looks com shape slim e muitas fendas.  Na passarela, foi visto a versatilidade das noivas de JPG, inclusive algumas modelos “aposentadas” trazidas de volta por ele. Claro que mereceu uma galeria só para o magnífico!

valentino -eb1

As coleções da Valentino nunca são simples coleções. Elas contam a história de uma cultura e a homenageiam. Para o verão 2015 couture , Maria Grazia Chiuri e Pierpaolo Piccioli apresentam dois momentos: um mais folclórico, inspirado na Rússia. Outra com um mood romântico, no qual a dupla de estilistas buscaram referências nas formas de Marc Chagall e nos escritos de Shakespeare e Dante Alighieri, com bordados e frases costuradas sobre seda, tule e organza. O resultado foi uma Alta-Costura leve, ultrafeminina, mas que foge totalmente do óbvio.

ZuhairMurad-eb

Zuhair Murad buscou inspiração na fluidez e transparência da água. O estilista libanês mostrou que no verão 2015 não vai faltar brilho, decotes estratégicos, fendas profundas, capas, caudas e muito tecido leve. Ok, um tanto óbvio para o couture, mas não deixa de ser lindo e com certeza veremos muito nos red carpets deste ano.

RR-eb

Para encerrar a semana de moda em Paris, a Ralph & Russo buscou referências nos anos 50 e 60. A coleção conta com vestidos longos e curtos, saias godês volumosas, rendas e bordados de flores 3D. Nas cores, tons pastel e um toque de azul marinho e preto. Mais um que ressaltou o romantismo!

E ai? Qual foi o seu desfile favorito da semana?

Arrivederci, Beatriz Arvatti.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply