Paris Fashion Week – Part III

0

Hey there!

Época de temporada de moda é cansativa, mas quando ta chegando no final bate aquela tristeza. Na terceira parte da semana de moda francesa são tantas grifes com desfiles impecáveis que não tem nem espaço pra falar dos novatos que também estão arrasando.

page-horz

Chloé recupera a essência libre e jovem dos anos 70 (época que a grife viveu seu auge), e apresenta uma coleção com clima leve e despretensioso. Vestidos em algodão ou seda com detalhes de renda e laise caem solto pelo corpo. Alfaiataria quase andrógina aparece como contraponto ao romantismo do desfile. Mas o melhor fica para a união das duas partes equilibrando a feminilidade com a praticidade do costume masculino, como os shorts com blusas de mangas volumosas. Destaque para o denim, que entra em cena para fortalecer o interesse da grife em uma moda mais real, prática e urbana.

page-horz4

Bill Gaytten explora o jacquard para criar a coleção verão 2015 de John Galliano. Os padrões e texturas trazem um ar orgânico e artesanal, remetendo diretamente a selva que é composta por estampas de bambu, cesta de madeira/verniz, padrões de estamparia em alto relevo e aplicações vívidas de folhas de plástico. As silhuetas são na maioria de cintura alta, em camadas ou plissados. Vestidos leves tanto longos como curtos em vaporosos mousselines ou organzas compostos com jaquetas cropped levemente acinturadas, tudo em cores vivas verdes da selva. 

page-horz3

O verão 2015 de Riccardo Tisci para Givenchy também tem como inspiração nos anos 70 (a década-referência do momento) em uma coleção que funciona como um retorno às origens. Um boho super sexy, gótico e romântico dominado pelo preto e branco. A sexualidade é aparente dos detalhes rendados e transparências, às amarrações tipo corset, mangas caídas, costas expostas e à bota gladiadora-fetiche até a coxa. Destaque pras preças com ares espanhóis que trazem um romantismo gótico-religioso para a coleção, como as incríveis jaquetas toureados com trabalhos manuais.

page-horz2

Elie Saab descreve seu verão 2015 como “Um mergulho no oceano, em busca de um tesouro perdido.” A coleção tem como inspiração as cores intensas, superfícies resplancedentes e todas as belezas misteriosas do fundo do mar. Tudo isso é descrito na passarela em cores brilhantes com toques tropicais (lagon green, sea mist e etc.) Os anos 70 tambem esta presente, desta vez nas fendas, rendas leves e macações pantalona em alfaiataria. Destaque para os bordados e aplicações sempre impressionantes do estilista, assim como para os acessórios que também remetem à vida aquática.

page-horz5

Hedi Slimane tambem se inspira nos anos 70 (marcante nessa temporada) para criar seu verão 2015 da Saint Laurent, porêm com um foco no clima hedonista da era disco. Blazers de corte reto, minissaias de couro, tops de tricô com lurex, microvestidos acinturados, quase tudo acompanhando de bordados brilhantes. E para dar um ar um pouco mais cultura jovem e street aparecem jeans de cintura alta, jaquetas de camurça e tons neutros, tudo com um toque de cultura espanhola (outro tema desta estação). Tudo naquela já conhecida proporção reduzida do estilista.

All for now. Carolina Andrade

Compartilhe.

Sobre o Autor

Carol, 20 anos, paulista. Sabe aquela frase: “Os olhos são as janelas da alma.” Quem disse provavelmente não conheci a moda. Pois pra mim não existe maneira melhor de dizer que e como você é através do seu modo de vestir. E é por isso que decidi cursar Negócios da Moda e estou amando.

Leave A Reply