Paris Fashion Week – Part II

0

Como diria a eterna Audrey Hepburn “Paris is always a good idea”. Não é a toa que a Paris Fashion Week encerra essa maratona da temporada internacional. Os principais desfiles dos primeiros dias você conferiu aqui. Agora vamos dar sequência com o melhor do terceiro e quarto dia.

Dior - pfw summer 2015 -EB

Na Dior, Raf Simons deu continuidade a coleção de Haute Couture apresentada em julho, adaptando-a a rapidez do prêt-à-porter. Aliás as palavras “rápido” e “dinâmico” fazem vez nessa coleção, insinuando a quantidade e aos contrastes de informações que recebemos o tempo todo. Dai o mix entre o velho e o novo, o passado e o futuro, o esporte e a realeza do século 16, a leveza dos vestidos que parecem camisolas e a rigidez da estrutura que remetem as anáguas do século 18. Destaque para a delicadeza da estampa de flores em looks all white e as botas polainas que certamente veremos muito nos pés das fashionistas.

IsabelMarant-pfw verao2015-EB

Para confirmar que as tendências oriental e tribal continuarão firme e fortes no verão 2015, Isabel Marant adaptou essa onda ao seu estilo cool, com formas derivadas de quimonos, amarrações, cintos que remetem aos dos samurais, franjas e plissados. Tecidos com aspectos rústicos e artesanais remetem ao ar natural da temporada.

MaisonMartinMargiela-verao2015-EB

A alfaiataria é o ponto de partida da Maison Martin Margiela. Para o verão 2015, a marca belga a desconstrói em formas assimétricas, casando com tecidos leves e estampas ou aplicações de margaridas (podem se preparar que as flores em 3D vão estampar muitas roupas por ai). Há variações de padronagens, que as vezes se misturam todas em uma única peça, mas nada é exagerado.  E o velho também se faz novo na MMM. O clássico risca de giz em peças de alfaiataria esteve bastante presente no desfile da grife.

Mugler-verao2015-paris-eb

Na Mugler, pode até ser coisa da minha cabeça, mas tive uma sensação de déjà vu (será que vocês vão pensar assim também? Me contem depois), mas isso não muda o fato da marca ter apresentado uma coleção belíssima, moderna, prática, totalmente comercial e que atende as necessidades tanto de dia quanto de noite das suas consumidoras. Tudo isso, graças a David Koma, que mostrou que pode fazer uma imagem que mostra a mulher real e mesmo assim preserva a identidade da marca, porém sem ser tão teatral e impactante quanto Thierry Mugler ou Nicola Formichetti (ex Mugler). Na passarela foram vistas peças coladas ao corpo, recortes, alfaiataria precisa e detalhes metalizados.

Jean-PaulGaultier-verao2015-paris-EB

Jean Paul Gaultier apresentou um magnífico show para se despedir do prêt-à-porter e se dedicar exclusivamente à suas criações de Alta Costura.  Para isso, uma casa de shows antiga foi o palco do “Concurso de Miss” armado para esse grande espetáculo. As modelos miss “concorreram” a categorias que representavam uma faceta do ideal de beleza de Gaultier: smoking, referencias navy, homenagens a grandes editoras de moda como Suzy Menkes e Grace Coddington (impossível não reconhece-las pelo topete e a cabeleira laranja), trajes à la luta-livre, mulheres de jogadores de futebol,  uma leva vintage com eternas musas do estilistas. Os looks são super elaborados, extravagantes, conglomerados de cores, formas, recortes e acessórios. Tudo no melhor do estilo que JPG desenvolveu ao longo desses anos. O desfile contou ainda com a brasileira Izabel Goulart. Mas a vencedora do Miss Jean Paul Gaultier foi Coco Rocha, que talvez seja sua mais nova musa. O show durou quase 40 minutos, mas garanto que vale muitíssimo a pena assistir e conferir todos os detalhes dessa apresentação fabuleux!

E ainda tem muito da Paris Fashion Week pela frente. Não percam!

 

Arrivederci mais para au revoir, Beatriz Arvatti.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Não me lembro quando foi que o universo da Moda me conquistou, as vezes eu acho que eu já nasci amando tudo isso. Hoje sou estudante de moda, mas não me peçam para desenhar ou costurar, meu negócio é escrever! Filmes antigos, anéis, Audrey Hepburn, botas, 90’s, sinceridade, bolo quente, livros, batom e assaltar o guarda-roupa da vó.

Leave A Reply