NYFW – Part III

0

Hey there!

E a maratona continua.  Durante esta semana vem acontecendo o New York Fashion Week que é o start das semanas de moda do mundo. Essa é uma das mais recheadas, porque alem dos estilistas e criadores famosos tambem desfilam os novatos do ramo, como profissionais rescem formados pelos institutos de moda em NY e ganhadores do Project Runway. Já falamos aqui sobre o que aconteceu nos quatro primeiros dias do evento (aqui e aqui) e agora vamos falar do quinto e do sexto.

page-horz

Carolina Herrera deu o start do quinto dia com um o desfile supreendente que trouze para a passarela o tecnológico. A ideia foi usar tecno tecidos de maneira ladylike com shapes entre longos e curtos que olham para os anos 60’s e levam acabamentos propositalmente aparentes. A cartela de  cores e as estampas florais agigantadas mantêm a feminilidade classuda que é a marca registrada de Herrera. Mais uma prova que o combo tecnologia e classico estão vindo com força total.

page-horz

Logo em seguida, Tommy Hilfiger resgatou o espirito Woodstock misturado com os festivais de músicas do dia de hoje. Mergulhou no universo rock’n’roll com o couro dos Stones e jaquetas Sgt Pepper’s dos Beatles, não faltaram referências às décadas de 60 e 70, tanto nas formas quanto na escolha dos materiais (lames, vernizes, camurças e denim) e estampas (estrelas, muitas estrelas). Destaque para os tricôs decorados e o patchwork de jeans. E claro tudo isso com um cenário colorido com grama digno de festival e som de banda ao vivo.

page-horz

A 3.1 Phillip Lim apresentou um Verão 2015 de  formas assimétricas e recortes. Mesmo com shapes mais conceituais, como de costume, o estilista assume a tendência das últimas temporadas com peças a lá “normcore” (já explicamos aqui), como shorts, calças e blusas mais “básicas”. A alfaiataria também aparece descontruída, combinadas de uma forma mais cool com top faixas (tendência forte na temporada) e peças oversized.

page-horz

O sexto dia começou com Tory Burch que  investiu no tropicalismo e na etnia, trends que mesmo fortes há algumas temporadas, a gente ainda ama . Desta vez a estilista da nova estética ao seu já clássico mood 60’s girlie com formas e cores mais étnicas. A clássica estampa toile de jouy ganha versão tropical com palmeiras e cenas com perfume balneário. Tudo isso vem presente nas peças marcadas pelos shapes sessentinhas (que estão aparecendo com frequência nessa temporada), representadas principalmente pelos vestidinhos mini.

page-horz

Rodarte apresentou um verão 2015 repleto de simplicidade e praticidade. Calças bem coladas, parkas com parches e bordados de cristais, blusas de seda, tricôs com babados e vestidos cheio de recortes e camadas, são as apostas das estilistas Laura e Kate Mulleavy.  Tudo isso em excelente exercício de styling em que casacos pesados sobrepõem-se a tops bordados, telas e transparências, confundindo festa com utilitário, precioso com rústico. Opostos que estão super presentes há algumas temporadas. Um dos destaques da coleção foram as botas trançada que  aparecem com cano de comprimento variado e em composições que foram das calças skinny aos vestidos assimétricos.

page-horz

Assim como a Tommy Hilfiger mostrou em seu desfile, a estampa de estrela tem tudo para ser hit da próxima estação. A Diesel Black Gold também apostou no item em seu desfile da coleção Verão 2015, compondo saias, vestidos e tops. Preto, vermelho e azul lavanda são algumas das cores escolhidas. Com forte pegada do rock na passarela, a Diesel desfila tudo coladinho no corpo e combinado a kitten heels de bico fino, no melhor estilo rockabilly . O top cropped aparece em seus mais variados cortes e tecidos, como o soberano da estação. E claro que o top faixa esta super presente, again.

O meu preferido? Com certeza Tommy Hilfiger. Assista o desfile aqui e entre no clima festival de música com um mundo Beatles + Stones.

All for now! Carolina Andrade

Compartilhe.

Sobre o Autor

Carol, 20 anos, paulista. Sabe aquela frase: “Os olhos são as janelas da alma.” Quem disse provavelmente não conheci a moda. Pois pra mim não existe maneira melhor de dizer que e como você é através do seu modo de vestir. E é por isso que decidi cursar Negócios da Moda e estou amando.

Leave A Reply