BOX NEW – Clean Bandit

0

No começo do ano uma amiga chegou empolgada para mim, alegando que estava viciada em uma música e me pediu para que eu a ouvisse, ela me mostrou pelo app do YouTube do celular e eu acabei não só escutando a música mas vendo o vídeo junto. E o que mais me chamou atenção foi como que a estética e o visual do videoclipe se encaixavam tão bem na música e ainda por cima de uma maneira original. A canção era “Dust Clears”, da banda britânica Clean Bandit. E eu também acabei viciando na música… e no vídeo.

Um tempo depois pesquisando mais sobre o grupo descobri que os vídeos são produzidos pela própria companhia de produção cinematográfica da banda, a “Cleanfilm” e que a ideia dos videoclipes é concebida junto com a composição da música, virei fã. (Isso explica um pouco o porquê do videoclipe ter me impressionado).

Clean Bandit mistura música eletrônica com música clássica, de cara já se percebe a constante presença de piano, violino e violoncelo, mas é mais que isso, a banda afirmou que entrelaça as composições clássicas, como as de Beethoven e Mozart, com a música deles. O nome do segundo single deixa bem claro essa “referência” só pelo nome, “Mozart’s House”. A música foi lançada em 2013 e alcançou o número #17 no UK Singles Chart, e tem os versos “So you think electronic music is boring?/You think? It’s stupid?/You think it’s repetitive?/Well? It is repepetitive/I don’t know, skip a beat”, uma alfinetada irônica, usando elementos da música clássica, em quem acha que música eletrônica é ruim por ser repetitiva.

Essa galera merece nossa atenção, não?


Mas é com o single “Rather Be (feat. Jess Glynne)” que a banda chegou no topo do UK Singles Chart e por lá ficou durante quatro semanas, e você com certeza já deve ter escutado na rádio ou em algum programa de TV, a música não para de tocar, já é um hit.

O videoclipe é tão bem feito como outros, só que é muito engraçado, vemos uma menina chinesa escutando a música Rather Be no seu dia a dia, só que ela começa a ver os integrantes da banda a todo momento, em todos os lugares e não consegue parar de cantar a música. E ah, nos vídeos do Clean Bandit quase sempre aparece o símbolo da banda (imagem abaixo), e nesse aparece em vários lugares, como no cobertor da menina, na carne do peixe, nos prédios, assiste e  tenta encontrar mais aí:

clean-bandit-dust-clears_square

O grupo é composto pelos músicos Jack Patterson, Luke Patterson, Grace Chatto e Milan Neil Amin-Smith, e convidam outros músicos na maioria das vezes para o vocal. O álbum de estria, “New Eyes”, saiu dia de 2 Junho desse ano pela Atlantic Records e vale muito a pena conferir e não ficar só no singles. O som deles é pra dançar, pra cantar junto, pra tocar na balada, pra tocar on the road, Clean Bandit é pra toda hora, difícil é não gostar.

Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply