Entrevistamos a banda Vampire Weekend! Vem ler

0

Estamos orgulhosos de poder apresentar a nossa primeira grande entrevista conquistada com a ajuda do festival Lollapalooza. Ao longo do festival, como comunicamos em nossa Fan Page, traremos entrevistas, flashs e curiosidades em tempo real. Assim, tornando o Explosive Box uma fonte ligada diretamente com o melhor festival do mundo. Damos início ao nosso compromisso com evento com uma entrevista com a banda Vampire Weekend, concebida pelo vocalista da bandaEzra Koenig. Leia a bio dela e não pague de poser, mané!



Cape Cod Kwassa Kwassa” ,“A-Punk”, “Oxford Comma” e “Cousins”. Esses são alguns dos maiores hits da banda nova-iorquina Vampire Weekend, formada em 2006 e que dois anos depois conquistou a alcunha de “ A Melhor Nova Banda do Mundo”, de acordo com a revista especializada Spin.

Influenciados pela música africana e o indie rock, os rapazes da Vampire Weekend – Ezra Koenig, Rostam Batmanglij, Chris Tomson e Chris Baio – trazem para o show do LollaBR 2014 a bagagem completa: os principais sucessos da carreira e as novidades de Modern Vampires of The City (2013), último disco lançado.

Nome: Vampire Weekend
País: EUA
Ano de formação: 2006
Integrantes: Ezra Koenig (vocalista e guitarrista), Rostam Batmanglij (teclado, guitarra e backing vocal), Chris Tomson (bateria) e Chris Baio (baixo).
Hits: “A-Punk”, “Oxford Comma” e “Cousins”

PS: Conforme vai aparecendo os vídeos, vai dando play para descontrair a entrevista. Diquinha!

 

 

ENTREVISTA EM INGLÊS E PORTUGUÊS!

 

 

EB: With a series of concerts around the world is to make the favorite pastimes? What are they?

Ezra Koenig: Unfortunately not! I’m addicted to watching TV. We managed to track where we stayed for weeks on tour in a country like the United States.

 

EB: Com uma série de shows pelo mundo tem como fazer os passatempos favoritos? Quais são?

Ezra Koenig: Infelizmente não! Conseguimos acompanhar quando ficamos por semanas em turnê em algum país, como os Estados Unidos

 

EB: It must be hard to keep up with your favorite shows on tour.

Ezra Koenig: Well, we’re going to be in L.A. on the day that the last Breaking Bad airs. And apparently — I don’t know anything about this, [bassist Chris]Baio told us about it — but at Hollywood Forever Cemetery there’s going to be a party where the cast is going to be there. They’re going to show the first episode and then the last one, with maybe a Q&A thing. So I think we’re all trying to hustle up and catch up so we can be ready if we can get into that thing.

 

EB: Deve ser difícil vocês manterem-se atualizado na série em turnê.

Ezra Koenig:: Bem, vamos estar em Los Angels no dia em que o último episódio de Breaking Bad da penúltima temporada vai ser apresentado na  Hollywood Forever Cemetery por todo o elenco, me contou o nosso baixista (Chris) Baio. Então eu acho que todos nós teremos que nos apressar e conversar para que possamos estar prontos se podemos entrar nessa coisa.

 

EB: So, Vampire Weekend has done SNL three times now. Is the band aiming for the Five-Timers Club?

Ezra Koenig: It’s been amazing that we even got to do it three times. Making the Five-Timers Club seems unlikely, but Paul Simon, I think, has performed on SNL more than any other musician, and we’ve been compared to him more than any other musician, so… maybe it’s in our favor.

 

EB: Então, Vampire Weekend fez três shows recentemente no programa SNL.  A banda está preparada para o Five-Timers Club?

Ezra Koenig: Foi incrível ter feito ter shows no SNL. Fazer a Five-Timers Club parece improvável, mas Paul Simon, eu acho, já se apresentou no SNL mais do que qualquer outro músico, e nós temos sido comparado a ele mais do que qualquer outro músico, então … talvez seja a nosso momento.

 

 

EB: When did your interest in music start?

Ezra Koenig: I was always interested in music. I always grew up listening to a lot of music, playing music, even writing songs a little bit. And then the first time I was in a band, I was probably 13. So I’ve had bands kind of on and off since I was around that age when I first got a guitar.

 

EB: Quando é que seu interesse pela música começou?

Ezra Koenig: Eu sempre fui interessado em música eu sempre cresci ouvindo muita música, tocar música, mesmo a escrever canções um pouco e, em seguida, a primeira vez que eu estava em uma banda, eu tinha 13 anos. Em torno dessa idade eu comecei a tocar guitarra e me aperfeiçoar.

 –

EB: Are you excited to play at Lollapalooza Brazil?

Ezra Koenig: Have played at Lolla in Chicago in 2013. We’ve played in Brazil, but many years ago and we have a great desire to return to the country. We have many fans that follow us from there and are completely passionate about our work. We have a case of love of country!

 

EB: Vocês estão animados para tocar no Lollapalooza Brasil?

Ezra Koenig: Já tocamos no Lolla em Chicago, em 2013. Já tocamos no Brasil, mas faz muitos anos e temos muita vontade de retornar ao país. Temos muitos fãs que nos seguem de lá e são completamente apaixonados pelo nosso trabalho. Temos um caso de amor pelo país!

 

EB: What will be the repertoire of you at the festival?

Ezra Koenig: Will be full of hits and new songs. Like a mixed show where our fans can sing entire songs with us, but also meeting our new songs from our new album “MODERN VAMPIRES OF THE CITY”.

EB: Qual será o repertório de vocês no festival?

Ezra Koenig: Será repleto de sucessos e novas canções. Gostamos de um show mesclado onde nossos fãs podem cantar músicas inteiras com nós, como também conhecer nossas novas canções do nosso novo álbum “MODERN VAMPIRES OF THE CITY”.

 

EB: After Lollapalooza in Latin America, where you follow?

Ezra Koenig: Come to the United States, specifically to Texas. Where we have some shows to perform

 

EB: Depois do Lollapalooza na América Latina, vocês seguem para onde?

Ezra Koenig: Vamos para os Estados Unidos, mais especificamente para o Texas. Onde temos alguns shows a cumprir.

 

 

 

1897676_612438092176398_146315042_n

Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply