Público saqueia supermercado da Chanel após o fim do desfile.

0

Aconteceu ontem (04), o tão esperado desfile da Chanel no PFW. Como de praxe, a grife costuma ser uma das mais aguardadas na semana de moda por conta dos seus cenários super bem bolados e autênticos sob o comando astuto do Karl Lagerfeld e sua gigantesca equipe. O cenário escolhido foi um supermercado da marca -literalmente um supermercado-. Ocorria tudo tão bem, até que o desfile chegou ao fim e o supermercado cenográfico (mas com produtos não cenográficos) começa a ser saqueado.

E quem disse que rico não saqueia, minha gente? Os convidados do desfile da Chanel, no Paris Fashion Week, perdem completamente a finesse, o carão e a postura e começa a arrancar as coisas da prateleira como em noites de “Black Friday” nos Estados Unidos. Obviamente eles não começaram a baderna do nada… foi anunciado que após o desfile, os convidados poderiam pegar uma fruta, um legume… mas não levar praticamente todos os produtos do estabelecimento cenográfico montado pela grife.

Karl usou da maneira mais elegante possível dar um choque de realidade. Não julgo -diretamente- quem usa Chanel para se auto promover, afinal… cada um usa as qualidades que tem ao seu favor (até mesmo se você tem que adquiri-la por alguns milhares de dólares). A mensagem entrelinhas que Karl deixou após esse episódio “cômico”, foi que mesmo você vestindo/usando algo de grife, você com ou sem ele continua sendo o mesmo. Gastar R$ 8k em uma bolsa não te faz melhor e nem pior que ninguém. Na saída, os seguranças fizeram o público devolver todos os pertences que estavam sendo levados além da fruta ou do legume. Afinal, era fruta OU legume. Enfim, acho que a mensagem subliminar (ou não) foi deixada clara aqui.

Veja o desfile!

Fonte 1 | Fonte 2 | Fonte 3

Thanks, Julia Petit e Barbara Thomaz.

Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply