Box Fotografia – Hick Duarte

0

Hoje tem uma entrevista mais do que especial, se preparem para o excesso de elogios. Tive o prazer de bater um papo super bacana com um dos fotógrafos que eu mais admiro no cenário atual. Ele é Henrique Duarte, fotógrafo de uma das agências de fotografia mais queridas do momento, a I Hate Flash. Conhecido também por fotografar duas das blogueiras mais famosas do Brasil, Thássia Naves e Camila Coutinho. Um fotógrafo praticamente completo, que atua em várias áreas – de grandes eventos musicais como o Rock in Rio até Paris Fashion Week -, mesmo com pouca idade tem uma bagagem ótima. Confira as dicas e um pouco sobre o trabalho do Hick.

Wereonaboat-088

Do lado profissional, qual a diferença de fotografar um festival à um shooting de look do dia, por exemplo?
A gente aprende muito em ambas as situações. Acredito que o meu momento atual como profissional é um grande laboratório. Como você disse, na mesma semana, chego a fazer tanto as fotos para um blog de moda quanto a cobertura de um festival de rock – e o principal ponto positivo nisso tudo é a construção de uma identidade estética. Aplicar o seu ponto de vista como fotógrafo em contextos diferentes é um exercício fudido. Te exige domínio técnico, lógico, mas acima disso, exige uma sensibilidade constante pra continuar apresentando o “olhar diferente” que esperam de você. É um aprendizado que passa por todo o processo, do relacionamento com o cliente à edição. Tá sendo bem foda. A única certeza que tenho por hora é que não quero ser um “fotógrafo de tudo” para sempre, haha.

Você participou do Paris Fashion Week. Nesse tipo de evento, você busca relatar em fotos os momentos aleatórios ou a perfeição do momento, que no caso me refiro a fotos posadas?
Pude ir ao Paris Fashion Week no final de setembro e foi uma experiência fascinante. A minha abordagem foi basicamente a de um cara encantado com tudo o que via, haha, é tudo muito diferente. Pude ir a alguns desfiles e conhecer alguns backstages, mas o que mais me chamava a atenção era o que acontecia nas ruas. Hoje rola uma discussão muito séria sobre o que acontece na porta dos desfiles, o tal circo do streetstyle e a ânsia pela exposição que os fotógrafos registram em toda a semana de moda. Todo mundo quer muito ser fotografado e isso cansa. Mas ainda existem pessoas sinceras e momentos autênticos nos fashions weeks, e é isso que a gente caça.

Para os iniciantes. Quais os equipamentos que você aconselha de início?
Isso é muito relativo, depende muito do que a pessoa quer fotografar. Eu uso Nikon, mas isso não é necessariamente um requisito para iniciantes, haha. Acho que a boa é pesquisar câmeras DSLR que estejam na faixa de preço que você está disposto a gastar, existem modelos muito bons cada vez mais baratos. Decidido a câmera, quem puder comprar um flash externo e uma lente 50mm vai fazer um bom investimento. Pelo menos foram os primeiros equipamentos que comprei. Talvez mais importante do que ter um equipamento fodão logo de começo, é fotografar SEMPRE no modo M (Manual). Você só vai aprender fotografia errando e acertando muito ali.

Wereonaboat-205

Você sempre quis ser fotógrafo? Se vê atuando em outra área?
Quis ser engenheiro mecatrônico no Ensino Médio, mas acabei fazendo Jornalismo, haha. O primeiro curso eu descartei rapidamente quando conheci melhor. Mas eu entrei para a faculdade querendo ser um jornalista mesmo. Escrever reportagens, fazer resenhas de shows, gravar documentários. No meio do curso é que fui descobrir que sou obcecado por fotografia e não consigo me imaginar em outra área.

Como é trabalhar no I Hate Flash?
I Hate Flash foi a melhor coisa que já me aconteceu nos últimos anos. Nós somos profissionais numa sintonia muito forte e estamos vivendo a nossa fase mais produtiva. Todo dia é uma lição diferente. Aprimoramos as nossas habilidades juntos, conquistamos clientes juntos, varamos a madrugada juntos, jogamos videogame no QG do Rio de Janeiro juntos. É um coletivo com relações muito sinceras, não há nada que alguém tenha receio de fazer ou perguntar porque o clima é sempre transparente.

Foi mal, não dá pra não falar do I Hate Flash sem parecer um cara empolgado pra caralho, hahaha! Trabalhar ao lado de alguns dos melhores fotógrafos do Brasil te traz uma segurança muito forte e um estímulo sem igual. Cada conquista nossa, da cobertura oficial do Rock in Rio às parcerias com marcas gigantes tipo Nike e Redbull, vem com muito suor. A gente gosta de falar que flash hater tem vida fácil, mas é só zuêra. Nossa rotina é insana, de poucas horas de sono e uma tonelada de fotos pra editar e e-mails pra responder todo dia.

Quantos fotógrafos foram convocados para cobrir o Rock in Rio? Como era a distribuição? Me conte.
O Rock in Rio foi o nosso trabalho de maior responsabilidade até hoje, então toda a equipe foi convocada – 23 pessoas no total, entre fotógrafos, editores, videomakers e gerentes de cobertura. Por ser a equipe de fotografia oficial, o nosso trabalho era registrar absolutamente tudo o que envolvia o festival – da extensa programação de shows às ações de cada patrocinador. A experiência e o gosto pessoal de cada um acabou determinando a sua função na equipe. Eu mesmo curtia fotografar o que chamamos de “experiência”, a forma como as pessoas estavam vivendo o festival (o que vestiam, o que faziam, como vibravam, como se relacionavam com toda a estrutura do festival, etc). Curto o Gogol Bordello e o Justin Timberlake também, haha, duas das atrações que fotografei. Foram dias bem cansativos, mas foi até hoje o nosso momento mais “simbólico” como um coletivo. Geral sentiu na pele e entendeu de uma vez como a gente funciona muito melhor trabalhando junto.Wereonaboat-173

Quem são suas inspirações?
Eu respeito e já estudei muito os fotógrafos mais clássicos, tipo Bresson e Sebastião Salgado, mas hoje tenho pirado mais no trabalho de fotógrafos novos. Wolfgang Tillmans, Yann Gross, Scott Schuman, Shane McCauley. E por mais superficial que pareça, haha, tem também o Mark Hunter, do The Cobra Snake, que influenciou radicalmente a forma como eu fotografo festa hoje.

Virou moda usuários do Instagram virarem “profissionais” e até cobrarem por ensaios. Redes sociais como essa abrem portas boas, ruins ou é uma estrada de duas vias?
Eu não tenho birra nenhuma com o Instagram. Eu também falo dos meus trabalhos e já consegui chamar a atenção de vários clientes por lá. Não entendo muito bem essa noia que os “fotógrafos profissionais” tem com um aplicativo livre, que permite que as pessoas brinquem de fotografar também, descubram uma nova habilidade, faça registros criativos do seu dia-a-dia. Essa é a essência do Instagram, pelo menos. É claro que a rede tá cheio de ruído, de clichês e de imagens pretensiosas, mas você pode escolher quem você segue. E além de tudo, o que na Internet não está assim?

Quais os melhores programas de edição que você pode nos indicar?
Adobe Lightroom e Photoshop!

Um lugar, um evento e um(a) modelo(a) que você tem o sonho de fotografar?
Quero trabalhar em algum clipe dirigido pelo Nabil, fotografar a Rihanna (fora de um show) e conhecer a Jamaica.

Curtiram ele assim como eu? Então acompanhe ele pelo site dele, Instagram, Facebook e o perfil dele no I Hate Flash. Foi muito cruel selecionar apenas algumas fotos do Hick para mostrar para vocês, mas selecionei as minhas favoritas, mas vocês já sabem onde encontrar demais fotos do trabalho dele, certinho? Veja!

87e65b516b899cfe-Coachella001
793ad1dc47117f59-Cochella2013_porHickDuarte008
a06eb1ef58b23c7a-Cochella2013_porHickDuarte014
DisneyHalloween-31
DisneyHalloween-64
DisneyHalloween-186
e404d6e1ff57f427-Cochella2013_porHickDuarte015
facbb3d7f8e77b64-TRASHLOVESNY-3
KF_Inv2013_IHF145_KarinFeller_porHickDuarte-076
KF_Inv2013_IHF294_KarinFeller_porHickDuarte-220
KF_Inv2013_IHF333_KarinFeller_porHickDuarte-288
KF_Inv2013_IHF372_KarinFeller_porHickDuarte-329
MonstersOfRock_002
MonstersOfRock_026
PageImage-516876-4003768-SonarSP2012_porFiestaIntruders218
PageImage-516876-4003995-ThassiaNavesparaLuizaBarcelos065
ParisFashionWeek-007
ParisFashionWeek-053
ParisFashionWeek-060
ParisFashionWeek-213
Wereonaboat-150
Wereonaboat-173
Wereonaboat-204
Wereonaboat-279
PUTZBRILHA-032
PUTZBRILHA-035
PUTZBRILHA-242
PUTZBRILHABH-160
Justin_Timberlake
PoploadFestival-187
ParisFashionWeek-067
ParisFashionWeek-072
ParisFashionWeek-642

Obrigado mais uma vez, Hick. Você é demais!

Compartilhe.

Sobre o Autor

CEO do Explosive Box e Publicitário, louco por qualquer tipo de arte que me encante. Também sou editor-chefe das colunas de Moda e Música.

Leave A Reply