Três livros que você precisa ler!

0

Oi pessoal, como vocês estão? Final de semana ta chegando e é sempre bom ler um livro pra  relaxar né, eu adoro!
Então, para o “Na Telha” de hoje eu trouxe dicas de 3 livros que eu li e adorei. São histórias diferentes e de autores diferentes, mas que cada uma tem a sua particularidade que as deixam especiais.

Nada Dura Para Sempre – Sidney Sheldon

Betty Talft, que os amigos tratam por Honey, Kate Hunter e Paige Taylor têm uma das mais nobres profissões. Elas são as únicas mulheres que fazem parte de um grupo de médicos residentes do Embarcadero County Hospital, o mais velho Hospital de S. Francisco. Além de trabalharem juntas, partilham também o apartamento onde vivem. Mas um dia começam a enfrentar situações no mínimo insólitas: Betty quase provoca a interdição do hospital, Kate é assassinada e Paige é acusada de matar um doente que se encontrava em fase terminal em troca de um milhão de dólares.Neste romance em que se combinam decisões de vida ou morte nas salas de operação, as tensões dos tribunais e a ambição e medos dos médicos Sidney Sheldon revela-nos os bastidores dos grandes hospitais.

Feliz Por Nada – Martha Medeiros

“Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.” É com a força transformadora de um abraço que Martha Medeiros abre este novo livro de crônicas e é com a mesma singeleza e olhar arguto para o cotidiano que a escritora ilumina algumas das questões mais urgentes do século XXI. A destacada romancista, cronista e poeta, que já teve obras adaptadas para o cinema, para a tevê e para o teatro, fala aos leitores com a sinceridade de um amigo e materializa as angústias e os anseios da sociedade pós-tudo, que vive acuada sob o grande limitador do tempo. Nesta coletânea de mais de oitenta crônicas, Martha Medeiros aborda temas muito diversos e ao mesmo tempo muito próximos do leitor. A autora tem o dom para aproximar assuntos por vezes fugidios – como é próprio do cotidiano – de questões universais, como o amor, a família e a amizade, e criar lugares de reconhecimento para o leitor, como ao falar de Deus, dos romances antigos e novos, da mulher, de escritores e cineastas que são imortais, de se perder e se reencontrar, do que a vida oferece e muitas vezes se deixa passar. “Feliz por nada”, afirma Martha Medeiros, é fazer a opção por uma vida conscientemente vivida, mais leve, mas nem por isso menos visceral.

O Melhor de Mim – Nicholas Sparks

Um casal vive uma emocionante paixão durante a adolescência. Dawson Cole pertence a uma temida linhagem de criminosos e Amanda Collier é de uma família tradicional. O relacionamento, marcado por uma gritante diferença social, é bruscamente interrompido por Dawson. O motivo: ele não quer estragar o futuro de Amanda e acaba rompendo o namoro e decidindo seguir uma vida solitária. A dupla se reencontra 25 anos depois, na pequena cidade onde cresceram, durante o velório de um amigo em comum: Tuck Hostetler. Este homem havia dado grande suporte ao romance proibido e, para a surpresa dos dois, continuará a ajudá-los mesmo depois de morto.

Espero que tenham gostado, todos são muito bons, agora escolham a história que mais lhes agradou e let’s go. Beijos @vickcarbonera.

Compartilhe.

Sobre o Autor

O universo da escrita me fascina, e aliado à arquitetura e decoração me encanta ainda mais. Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo e fundadora deste site, quero trazer à vocês o melhor conteúdo sobre algumas das minhas paixões. 20 anos e com uma vontade imensa de desbravar o que o mundo tem a me oferecer.

Leave A Reply